segunda-feira, 14 de abril de 2014


                         De volta a Sião

                  De Francisco de Assis tomando o nome
,                 o Papa que hoje temos, argentino,
                  é desde logo um sério paladino
                  de que a via de Cristo se retome.

                  A nossa crença há que purificar
                  na sua limpidez primordial
                  renunciando à pompa triunfal
                  que há muito se instalou no seu lugar.

                  Parece com Francisco ter chegado
                  a altura de expulsar os fariseus
                  que à igreja de Deus se têm colado.

                  Partilhemos com Cristo o nosso pão
                  e como novos companheiros seus
                  às águas regressemos do Jordão!

                        João de Castro Nunes
                 


                  

1 comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar